Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

10/07/2012 às 14h22 - Filipe Fuzaro pronto para disparar os primeiros tiros nos Jogos Olímpicos  

A estreia do Filipe Fuzaro, atleta beneficiado pelo programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte, nos Jogos Olímpicos tem dia marcado. Dois de agosto de 2012. Atual recordista brasileiro no tiro esportivo, o representante brasileiro na fossa double embarca para a capital britânica no dia 20 de julho, onde treina dos dia 22 a 26.  

Esporte para poucos, o tiro esportivo foi a escolha, desde criança, do bolsista.  Por influência do pai, atleta experiente na modalidade, Filipe é atualmente o principal nome do esporte no país.

Na sociedade, o tiro é associado à força e à criminalidade. Já na área esportiva, a prática é sinônimo de concentração e precisão. As provas da fossa double serão disputadas em um só dia. Serão lançados dois pratos ao mesmo tempo e quem somar mais pontos ganha a competição.

ME - Como foi a sua preparação para os Jogos Olímpicos?
Eu me preparei durante todo este ano. Fiz várias viagens internacionais, para os Estados Unidos, Itália e Londres, durante o pré-olímpico de tiro esportivo. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) me ajudou disponibilizando uma pedana de tiro (equipamento que lança os pratos) em Rio Claro (SP) para os meus treinamentos. Foi uma preparação bem intensa, embora em pouco tempo.

ME – Qual a sua meta nas Olimpíadas?
Minha meta pessoal, que considero muito ambiciosa, é chegar na final, entre os seis melhores. Também desejo ganhar o máximo de experiência em Londres para poder chegar às Olimpíadas do Rio de Janeiro muito bem preparado.

ME - Quais são os principais adversários em Londres?
O nível da modalidade subiu muito e considero todo mundo equiparado. Hoje temos os russos, americanos, italianos e ingleses.

ME- Como você teve o primeiro contato com a modalidade?
Tive meu primeiro contato com a modalidade por intermédio do meu pai, Érico Antonio Fuzaro, que já era atirador antes de eu nascer.

ME - Como é sua trajetória no esporte?
Comecei cedo. Aos 5 anos de idade dei meu primeiro tiro. Desde então, passei a acompanhar meu pai em treinos e competições. Fui cada vez mais me apaixonando pelo tiro esportivo. Competi em várias modalidades de tiro ao prato, passei pelas categorias júnior e sênior, até chegar à fossa double.

ME - Você é o líder do ranking nacional e recentemente bateu o recorde brasileiro. Qual foi a sensação?
Bater o recorde brasileiro foi muito bom, não só pelo vitória em si, mas também pelo fato de o resultado ter sido alto. Isso mostra que os treinos e todo o empenho de uma equipe estão surtindo efeito. Muitas pessoas dividem esse mérito comigo.

Confira o hotsite sobre os Jogos Olímpicos Londres 2012:



Breno Barros
Foto: arquivo pessoal
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: