Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

20/06/2012 às 15h20 - Bolsista do ciclismo intensifica treinos para os Jogos Olímpicos de Londres  

A ciclista Janildes Fernandes, que recebe o patrocínio financeiro do programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte, faz parte do trio que representará o país nos Jogos Olímpicos de Londres na prova de ciclismo de estrada. Não será fácil: serão 67 atletas lutando por um pódio no percurso de 140 km, com a largada e chegada no Palácio de Buckingham, na capital britânica.

A equipe feminina no ciclismo de estrada conta também com a sua irmã Clemilda Fernandes e a companheira Fernanda Souza. Para chegar em condições de pedalar forte contra as melhores atletas do mundo, o time brasileiro está em preparação no acampamento de treinamento na Colômbia. As ciclistas ficarão cerca de 30 dias na cidade de Tunja, preparando-se e competindo em uma altitude de cerca de 2,5 mil metros acima do nível mar.

“Participamos de competições de alto nível fora do Brasil nesse período de classificação olímpica e conseguimos competir de igual para igual contra as melhores do mundo, vencendo provas importantes do calendário internacional. Isso nos motiva muito e mostra que o trabalho deu resultado. Agora vamos finalizar a preparação para brigar por uma medalha em Londres”, diz Cássio Freitas, técnico da seleção brasileira feminina de ciclismo de estrada.

O acampamento faz parte do projeto de estrada feminino da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Com a iniciativa, as atletas tiveram um extenso calendário de competições visando à vaga olímpica. Durante o período, todas as ciclistas da seleção foram observadas e avaliadas pela comissão técnica da CBC.

O presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo, José Luiz Vasconcelos, ressalta que classificar um atleta na modalidade é uma tarefa difícil, porque há muitas nações competitivas no mundo. “Hoje existem 240 países que disputam competições em pé de igualdade. No ciclismo de estrada só as primeiras 23 nações conseguem levar seus representantes para os Jogos Olímpicos. A dificuldade se estende ao bicicross e ao mountain bike, que têm mais de 15 mil filiados no mundo e só participam das Olimpíadas 48 atletas. A classificação olímpica é praticamente uma medalha” explica.

Confira o hotsite sobre os Jogos Olímpicos Londres 2012:



Breno Barros
Foto: Wagner Carmo/COB
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: