Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

10/05/2012 às 10h56 - Tocha Olímpica dos Jogos de Londres é acesa em Olímpia, na Grécia  

A chama que vai arder nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 foi acesa nesta quinta-feira (10.05) na cidade de Olímpia, na Grécia - local de origem dos Jogos Olímpicos. A tocha percorrerá 2,9 mil quilômetros por 40 cidades gregas e segue, na próxima quinta-feira (17.05), para o Reino Unido, onde fará a jornada simbólica que marca a contagem regressiva para o maior evento multiesportivo do mundo.

A solenidade aconteceu no templo da deusa Hera. A atriz grega Ino Menegaki, representando a grande sacerdotisa de Olímpia, acendeu a tocha com um espelho côncavo que reflete a luz do sol. O nadador Spyros Gianniotis – atual campeão mundial da prova dos dez quilômetros em águas abertas – foi o primeiro a carregar o fogo simbólico e o levou até o monumento onde está sepultado o coração do fundador do movimento olímpico moderno, Pierre de Coubertin.

“A chama olímpica acesa hoje em Olímpia conectará os Jogos antigos e os modernos. Cidades e vilas na Grécia e Grã-Bretanha estarão juntas para sempre por meio dos Jogos de Londres 2012. O esporte tem suporte e apelo universal e os valores Olímpicos transcendem a história e a geografia. Valores que eu acredito que, nesses tempos de mudança, são mais importantes do que nunca, principalmente para os jovens de todo o mundo”, discursou o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres (LOCOG, na sigla em inglês), Sebastian Coe. Também estavam presentes o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge e o prefeito de Olímpia Efthymios Kotzas, além de outras personalidades britânicas e gregas.

O Brasil foi representado na cerimônia pelo presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, que foi o quarto condutor da chama olímpica.

O revezamento britânico começará no dia 19 de maio, com um percurso de 12.875 quilômetros que durará 70 dias. No total, a chama será transportada por 8 mil carregadores e encerra sua trajetória no dia 27 de julho, com a chegada à abertura dos Jogos de Londres.

História
Os gregos antigos consideravam o fogo um elemento sagrado. A chama era acesa com o auxílio de uma skaphia – equipamento ancestral semelhante ao espelho côncavo utilizado na cerimônia deste ano – e com os raios do sol, para garantir sua pureza.

Desde os jogos de Londres em 1948, a chama já foi carregada por lugares inusitados, como debaixo d’água (em Sydney 2000), na neve (nos Jogos de Inverno de Vancouver 2010) e à bordo de um avião Concorde (nos Jogos de Inverno de Albertville 1992).



Paula Braga, com informações do LOCOG

Foto: LOCOG
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: