Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

09/04/2012 às 11h00 - Velejadoras brasileiras garantem lugar na classe 470 nos Jogos de Londres  

As velejadoras brasileiras - Fernanda Oliveira e Ana Barbachan - garantiram no final de semana, durante o 43º Troféu Princesa Sofia Mapfre, na Espanha, o direito de representar o país nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, depois de terminarem o torneio na 11ª colocação, cinco posições à frente das cariocas Martine Grael e Isabel Swan, adversárias diretas pela vaga.  

Na Espanha, as duas duplas brasileiras disputaram entre si o direito de representar o país nas olimpíadas. A vaga para o Brasil na classe 470 foi conquistada pelas velejadoras Martine Grael e Isabel Swan, durante o Mundial de Perth, na Austrália. Entretanto, durante a seletiva em Búzios (RJ), na Semana Brasileira de Vela, as atletas Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan também venceram, o que adiou a definição dos nomes das representantes nacionais nos Jogos Olímpicos para o Troféu Sofia.

Com a vitória na Espanha, Fernanda, que recebe o benefício financeiro do programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte, se classificou para a sua quarta Olimpíada. Em Londres, a bolsista defenderá a medalha de bronze conquistada em Pequim, em 2008.

"Representar o Brasil pela quarta vez em uma Olimpíada me traz grande satisfação. Ana, Paulinho e eu estamos muito felizes pelo objetivo alcançado. A entrada da Ana na equipe foi fundamental. Apesar de jovem, mostrou muita maturidade nos momentos decisivos. Seguiremos até 2016”, disse Fernada.

Desempenho brasileiro no Troféu Princesa Sofia Mapfre
A competição na Espanha reuniu a equipe brasileira de vela e serviu como mais um teste para os Jogos Olímpicos de 2012. Na classe star, os bolsistas, do Ministério do Esporte, Robert Scheidt e Bruno Prada conquistaram a medalha de ouro. A dupla brasileira superou os britânicos Iain Percy e Andrew Simpson.

Além das duplas de star e 470, o velejador Bruno Fontes ficou na 10ª posição. Na classe finn, Jorge Zarif terminou em 25º lugar. Já Arthur Lopes ficou em 54º. Na laser radial, Adriana Kostiw ficou em 76º lugar. Na 470 masculina, Fabio Pillar e Gustavo Thiesen, que ainda sonham com a vaga, finalizaram em 33º e a outra dupla - Carlos Wanderley e Nicolas Castro – ficou em 91º. Na 49er, outra categoria sem o Brasil confirmada em Londres, André Fonseca e Marco Grael fecharam o campeonato em 48º lugar.

Foto: Daniel Primo/CBVM
Ascom – Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: