Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram  Twitter   Flickr   Youtube
  Idiomas: Português Espanhol Inglês

Notícias Londres - 2012

 

09/09/2012 às 11h32 - Maratonista ganha ouro inédito e fecha bela campanha brasileira em Londres  

O Brasil fechou com medalha de ouro sua participação nos Jogos Paralímpicos de Londres. Neste domingo (09.09), o brasiliense Tito Sena venceu a maratona classe T46, com o tempo de 2h30min40seg, e colocou o país, pela primeira vez, no lugar mais alto do pódio na prova. O maratonista faz parte do programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte.

Foi a 21ª medalha de ouro brasileira nas Paralimpíadas de Londres. O resultado sacramentou o Brasil no sétimo lugar do quadro geral de medalhas, com 43 conquistas: 21 de ouro, 14 de prata e oito de bronze. A campanha atingiu a meta projetada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), que era subir do nono lugar de Pequim-2008 para o sétimo em Londres.

A prova foi emocionante, com o brasileiro e o espanhol Ait Khamouch Abderrahman se revezando na liderança. No fim da prova, Sena ocupava segunda colocação e, após arrancada espetacular, ultrapassou o adversário e garantiu o ouro, 40 segundos à frente do espanhol.

Após a prova e já com a medalha no peito, Sena lembrou as dificuldades que teve para percorrer os mais de 42km da maratona. "Depois do km 35, comecei a sentir muitas dores e tive que seguir na garra", disse. Nas Paralimpíadas de Pequim-2008, Sena foi prata na mesma prova, mesmo tendo sofrido uma ruptura do tendão de aquiles no km 28.

Rio 2016
Sena destacou também a emoção de representar o Brasil em uma Paralimpíada e subir ao alto do pódio. "É uma alegria muito grande poder ganhar mais essa medalha para o Brasil. Não tem explicação, ainda mais sendo o primeiro ouro em maratona", festejou. O atleta, que tem 45 anos, espera estar em forma para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. "Vou me cuidar e treinar bastante para estar bem para a maratona no Rio."

Tito trabalhava como operador de uma fábrica quando, em 2003, sofreu um acidente que comprimiu seu braço direito. O brasiliense começou a correr no intuito de ganhar condicionamento físico e descobriu seu potencial como fundista em 2006.

O Brasil quase emplacou outro atleta no pódio da maratona classe T46 em Londres: Olivan Bonfim terminou a prova em quarto, atrás do belga Frederic Heede.

Confira o hotsite sobre os Jogos Olímpicos Londres 2012

Rafael Brais, de Londres
Foto: Divulgação/CPB
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook

  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link:

 

 Voltar





MINISTÉRIO DO ESPORTE
Esplanada dos Ministérios, Bloco A
Brasília - DF, 70054-906
Telefone: (61) 3217-1800 Fax: (61) 3217-1707