Redes Sociais: Facebook   Google Plus   Extragram   Twitter   Flickr   Youtube

Notícias

 

16/04/2010 às 16h40 - Aracaju inaugura em maio a primeira Praça da Juventude do país  

A inauguração foi anunciada durante encontro de gestores do projeto com o Ministério do Esporte em Sergipe

Gestores, arquitetos e engenheiros responsáveis pela implantação do projeto Praça da Juventude nos municípios de Aracaju, Aquidabã, Frei Paulo, Itaporanga D´Ajuda, Itabaianinha, Itabaiana, Nossa Senhora do Socorro, Nossa Senhora da Glória e Tobias Barreto reuniram-se hoje com técnicos do Ministério do Esporte e da Gerência de Desenvolvimento Urbano (Gidur) da Caixa Econômica Federal. O encontro teve como objetivo esclarecer dúvidas sobre o projeto arquitetônico, processo licitatório e modelo de gestão da Praça da Juventude. O investimento do projeto no estado é de R$ 16,7 milhões para a construção de dez praças. Durante a reunião, a Secretaria Municipal de Planejamento de Aracaju anunciou o término da obra ainda em abril e a inauguração está prevista para o mês de maio.

A declaração foi do secretário adjunto da pasta, Evandro Galdino. Segundo Galdino, a inauguração da primeira Praça da Juventude do país estava prevista para o final do mês de abril. “Devido às chuvas da última semana, a obra sofreu um pequeno atraso e a inauguração acontecerá em maio”. A partir de então, quem assume a gestão da Praça da Juventude é a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte de Aracaju (Funcaju). A Praça, que se localiza no bairro Augusto Franco, o mais populoso da capital sergipana, com 60 mil habitantes, vai concentrar grande parte das atividades de esporte e lazer já realizadas no município, como o Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), também em parceria com o Ministério do Esporte.

A maior parte dos recursos para implantação da Praça da Juventude provém de emendas parlamentares de 2009 do senador Almeida Lima (PMDB) e da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados por meio do Ministério do Esporte. No município de Itabaianinha (120 km de Aracaju, 38,4 mil habitantes), o edital para contratação da empresa que vai executar a construção da praça será publicado até a próxima quinta-feira (22). De acordo com o prefeito, Joaldo Lima de Carvalho, o projeto deve beneficiar seis mil moradores do bairro Guilherme Campos. “Esse é um bairro extremamente carente de equipamentos públicos de esporte”, destacou Joaldo. “Com a Praça da Juventude vamos beneficiar não só jovens, mas também idosos moradores da região que hoje praticam caminhadas à beira da rodovia”. O prefeito explicou ainda que a Praça da Juventude virá acompanhada de outros investimentos de infraestrutura no bairro, como ampliação da rede de esgoto e pavimentação de ruas.

Claudio Leite, engenheiro consultor da Praça da Juventude na região Nordeste, reforçou que cada município tem liberdade para adequar o projeto da praça de acordo com suas necessidades. “O projeto arquitetônico da Praça da Juventude não é estático, mas passível de adaptação. O importante é manter os elementos mínimos que garantem a identidade do projeto, como a pista de corrida, o ginásio e o totem”. Para o gerente de Serviço Operacional da Gidur e representante da Caixa, órgão responsável pela gestão dos contratos, Gildo de Souza Xavier Filho, os municípios sergipanos estão bastante adiantados. “Todos os projetos estão aprovados, em alguns casos falta apenas a licença ambiental para que os municípios possam dar início ao processo licitatório”, disse Gildo. Em Itabaiana, a construção da Praça da Juventude iniciou-se há duas semanas.


PRAÇA DA JUVENTUDE
Projeto do Ministério do Esporte para comunidades com reduzido ou nenhum acesso a equipamentos públicos de esporte e lazer que alia saúde, bem-estar e qualidade de vida a atividades socioeducativas diversificadas. Atividades que, além do esporte e lazer, incentivam a inclusão digital, a produção cultural e científica, constituindo-se em um espaço de convivência comunitária.

Cada unidade do projeto Praça da Juventude terá cerca de sete mil m² e prevê a construção de ginásio poliesportivo coberto, cuja infraestrutura completa apresenta-se em módulos: pistas para salto triplo e à distância, pista para caminhadas, quadra de vôlei de praia, área de exercícios, campo de futebol society, pista para skate, teatro de arena, centro de convivência da terceira idade com sala de ginástica, quiosque de alimentação, vestiários e arquibancadas, dentre outros.

Entre os anos 2008 e 2010, foram conveniadas a construção de 150 Praças da Juventude, distribuídas pelo território brasileiro.


Foto: Bianca Persici
Ascom – Ministério do Esporte


  Enviar Matéria Imprimir   Compartilhar: Facebook Twitter Orkut Link: